Caiado participa de programa nacional do Democratas que vai ao ar nesta quinta

O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado, aparece nesta quinta-feira (19/10) no programa nacional do Democratas, que vai ao ar em todo o País pelas redes de rádio e de televisão. O programa, que tem 10 minutos de duração, fala sobre a necessidade de o Brasil voltar a se unir em busca de um entendimento e pela promoção do bem comum.

Em sua fala, o senador Ronaldo Caiado destacou a crise econômica deixada pelos governos do PT e conclamou a população a participar da vida política. “O nosso compromisso é com o Brasil e com os brasileiros, sobretudo com os mais de 13 milhões de desempregados pela crise econômica deixada pelos governos do PT. São eles que mais sofrem as consequências da incompetência e da falta de compromisso com o nosso país. Nós precisamos sair dessa crise o mais rápido possível, buscando o diálogo e motivando os brasileiros a entrarem de cabeça na campanha eleitoral. É isso que o Brasil espera de nós”, afirmou.

Na propaganda o Democratas afirma que nos últimos anos o Brasil se dividiu e a política acabou perdendo sua essência, que é buscar o diálogo. “Nos últimos anos a política tem dividido o Brasil. Logo a política, que existe para buscar o entendimento, promover o bem comum, virou motivo de discórdia, separando amigos, colegas de trabalho e até famílias. É hora de deixar isso para trás. O Brasil precisa da nossa união. Os brasileiros precisam criar novos espaços de diálogo, debater ideias e buscar o entendimento. Esse é o caminho para o Brasil”, diz o partido no programa.

A gravação ocorreu no Congresso Nacional, sob o comando do baiano José Fernandes, e irá ao ar das 20h30 às 20h40 na televisão. No rádio, o programa será transmitido a partir das 20 horas. Na propaganda também aparecem o presidente nacional do Democratas, o senador José Agripino; o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia; os deputados federais Efraim Filho, José Carlos Aleluia e Professora Dorinha; o ministro da Educação Mendonça Filho; e o prefeito de Salvador, ACM Neto.

Assista ao programa aqui