Notícias

25/09/2017 - “CPMI da JBS precisa de base técnica antes de iniciar depoimentos”, diz Caiado
Durante sessão da CPMI da JBS nesta manhã (20/9), o senador Ronaldo Caiado (GO), alertou para a necessidade de a comissão ter acesso aos processos contra a empresa em andamento para depois iniciar os depoimentos. Hoje, os membros discutem o plano de trabalho do colegiado. O líder do Democratas no Senado argumentou que é essencial fazer uma análise técnica, inclusive com auxílio da Polícia Federal e Ministério Público, de processos obtidos de operações, como Bullish, Greenfield, Tendão de Aquiles, Carne Fraca, e delações dos irmãos Batista para ter embasamento no momento da arg - Leia mais →
25/09/2017 - Caiado critica proposta de usar emendas de bancada para financiar campanhas
O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO), anunciou hoje (19/9) que até amanhã será votado em plenário projeto que trata do financiamento de campanhas eleitorais. Ele voltou a defender sua proposição (PLS 206/2017), que extingue a propaganda política e partidária de rádio e televisão e transfere os recursos da renúncia fiscal para as campanhas eleitorais. O parlamentar afirmou que existe outra proposta em debate, - da qual se posicionou contrário, - de autoria do senador Romero Jucá (PMDB-RR), que mantém o tempo de rádio e TV em anos eleitorais e repassa 50% das emen - Leia mais →
18/09/2017 - “Raquel Dodge tem preparo e coragem para enfrentar as denúncias de corrupção”, diz Caiado
O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO), disse nesta segunda-feira (18/9), que a nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, tem preparo e coragem para enfrentar as denúncias de corrupção que assolam o país. O parlamentar esteve nesta manhã na posse da primeira mulher a assumir o posto mais alto do Ministério Público Federal. Caiado acredita que Raquel Dodge poderá trazer esperança ao povo brasileiro ao contribuir no resgaste das intuições brasileiras. “É uma mulher extremamente competente, preparada, com uma trajetória com uma formação que a qualifica - Leia mais →
13/09/2017 - Grupo defenderá oferta pelo SUS de remédios para doenças raras
A Subcomissão de Doenças Raras ouviu ontem representantes do Ministério da Saúde, da Defensoria Pública da União, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, da indústria farmacêutica e de entidades em prol do tratamento de doenças raras. O objetivo da reunião foi definir as prioridades de debates do colegiado, criado na Comissão de Assuntos Sociais (CAS). O presidente da subcomissão, senador Waldemir Moka (PMDB-MS), sugeriu como uma das prioridades a continuidade do fornecimento de medicamentos já disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS). Ele também propôs criar uma - Leia mais →
13/09/2017 - Demissão de servidor público estável está na pauta do Senado
A demissão de servidor público estável por insuficiência de desempenho está na pauta da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), do Senado Federal. A medida é regulada em projeto de lei (PLS 116/2017 – Complementar) da senadora Maria do Carmo Alves (DEM-RN). O texto tem voto favorável do relator, senador Lasier Martins (PSD-RS), na forma de um substitutivo. A CCJ tem reunião agendada para a quarta-feira (13/9), às 10h. Pelo texto a ser votado, as regras para a punição máxima ao servidor concursado e estável deverão ser seguid - Leia mais →
13/09/2017 - CPMI da JBS vai buscar a verdade e punir a quadrilha que dilapidou o BNDES, diz Caiado
Durante sessão da CPMI da JBS nesta terça-feira (12/9), o líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO), deu recado aos que têm a intenção de deturpar e invalidar a comissão: “Estamos aqui para buscar a verdade, independente de posição política. Tenho independência intelectual e moral para isso”, afirmou. O parlamentar rechaçou investidas para se desmoralizar integrantes da CPMI numa tentativa de reduzir a importância do colegiado. O senador ainda criticou a postura de Joesley Batista de se colocar acima da lei e “esconder traquinagens”. Entre elas, citou a anistia co - Leia mais →
13/09/2017 - Caiado assume relatoria de Subcomissão de Doenças Raras
O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO), assumiu, nesta terça-feira (12/9), a função de relator da Subcomissão de Doenças Raras da Comissão de Assuntos Sociais do Senado. O parlamentar terá a função de produzir um parecer com projeto de lei para garantir acesso a tratamento de melhor qualidade ao conjunto de pacientes de mais de oito mil doenças catalogadas, entre elas a esclerose múltipla, a distrofia muscular e a esclerose lateral amiotrófica (ELA). Hoje, houve o início dos trabalhos e discussão do plano de trabalho da subcomissão, que como resultado deve ter, al - Leia mais →
13/09/2017 - “CPMI da JBS deve investigar a todos sem discriminar qualquer autoridade”, diz Caiado
Recém-eleito vice-presidente da CPI Mista que vai investigar crimes da JBS contra o patrimônio público, o senador Ronaldo Caiado disse que é dever da comissão dar transparência total às investigações. Para o democrata, em discurso na sessão desta terça-feira (05/09), a sociedade exige que todos aqueles investidos em cargos públicos tenham um tratamento igualitário na apuração dos fatos. "É importante esse processo de dar transparência para que os órgãos responsáveis por legislar não fiquem desacreditados, assim como outros que vão nos denunciar ou julgar. Bons polític - Leia mais →
13/09/2017 - Caiado é eleito vice-presidente de CPI Mista que vai investigar JBS
O líder do Democratas no Senado Federal Ronaldo Caiado (GO) foi eleito, nesta terça-feira (05/09), vice-presidente da CPI que vai investigar empréstimos concedidos pelo BNDES ao grupo J&F, assim como a participação da BNDESPAR e da Caixa Econômica Federal em negócios da empresa. A comissão é mista, contando com representantes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal. O colegiado já anunciou que vai querer convocar os donos da JBS, maior grupo produtora de carnes do mundo, para explicar os empréstimos e a controversa delação premiada para o Ministério Público. “Esta - Leia mais →
24/08/2017 - Caiado condena PEC com R$ 3,6 bi para fundo de campanha e defende seu projeto que acaba com horário político e transfere recursos para eleições
O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO), voltou a defender hoje (23/8) seu projeto (PLS 206/2017) que acaba com a propaganda eleitoral e direciona os recursos do horário político para as campanhas eleitorais. O senador reforçou que é necessário se posicionar e estabelecer regras antes do final de setembro, prazo limite para se ter novas normas nas eleições de 2018. O senador lembra que há uma PEC na Câmara dos Deputados que retira R$ 3,6 bilhões do orçamento para um fundo de campanha e seu projeto é um contraponto a essa emenda constitucional. O parlamentar mostrou qu - Leia mais →
« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 ... 147 »