Testemunho do BC sustenta responsabilidade de Dilma na fraude fiscal, diz Caiado

O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO), afirmou nesta quarta-feira (29/6) que o testemunho de gestor do Banco Central na Comissão do Impeachment confirma a responsabilidade de Dilma Rousseff com a fraude fiscal. Fernando Rocha, chefe-adjunto do Departamento de Economia do BC, disse que foi surpreendido com o envio do PLN 5, projeto que alterou de superávit para déficit a meta fiscal de 2015. O relato ocorreu quando o parlamentar questionou o depoente sobre reportagem publicada em 30 de junho de 2015 quando Rocha declarou que os resultados fiscais ficariam “melhores mês a mês até o final do ano”.

Caiado comemora ampliação do Supersimples a todos profissionais liberais

O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO), apoiou acordo para aprovação de emenda que beneficia todas as categorias de profissionais liberais que participarem do Supersimples. O Senado aprovou item no PLC 125/2015 que garante menor incidência de carga tributária dentro do sistema simplificado de impostos para os profissionais que comprovarem gastos de pelo menos 28% do seu faturamento com folha de pagamento e pró-labore. A medida favorece advogados, arquitetos, dentistas, médicos, engenheiros, a totalidade das profissões. Semana passada, o plenário aprovou emenda do senador que incluiu médicos, enfermeiros e serviços laboratoriais na tabela com menor incidência de impostos no Supersimples.

Caiado pede providência sobre falsa acusação do advogado de defesa

O senador Ronaldo Caiado fez questão de ordem na Comissão do Impeachment pedindo providência em relação a falsa acusação do advogado de defesa substituto, Bruno Spinera, de que o parlamentar teria usado dados que não constam no processo. Os dados se referem a tabela feita pela Consultoria do Senado sobre impacto negativo de R$ 251 milhões no resultado primário pela edição do decreto 14.250. A informação consta no relatório do senador Antônio Anastasia.

« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 ... 88 »