Democratas lamentam falecimento do jornalista Jorge Bastos Moreno

“Moreno conseguia reunir em seus jantares políticos de diversas ideologias, eu diria que todas, misturados a intelectuais, artistas e gente simples, como ele realmente era. Na época, era muito comum irmos a sua casa após as sessões na Câmara dos Deputados. A resenha era lá. Um grande amigo e uma grande perda. Meus sentimentos!”, líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO)

 

“Pela sua perspicácia e capacidade de juntar e ouvir pessoas, Jorge Bastos Moreno foi um dos grandes cronistas da política contemporânea do País. Com o seu desaparecimento, perde-se o testemunho de parte da memória viva do processo de redemocratização do Brasil. Que Deus o guarde”, presidente nacional do Democratas, José Agripino (RN).

Foto: Divulgação