Em seu primeiro discurso como senador, Chico Rodrigues pede união do Legislativo para fazer o país crescer

07 de Fevereiro de 2019

Em seu primeiro pronunciamento na tribuna do Senado Federal, o senador Chico Rodrigues (RR) disse, nesta quinta-feira (7), que o Brasil tem grandes desafios pela frente, como trabalhar pela unidade, pela geração de emprego e renda e pela educação, principalmente dos mais jovens. “Temos que trabalhar pela unidade, igualdade e, acima de tudo, pela nação. Somos um Senado forte, experiente e renovado. Estamos preparados para trabalhar com os outros Poderes para construir o equilíbrio que o Brasil tanto precisa”.

Para o parlamentar por Roraima, a palavra que deve conduzir o país, neste momento, é ordem. “Ordem para sair de casa sem medo da violência. Ordem para reconduzir os jovens para os caminhos da educação. Ordem para trazermos de volta investimentos para fomentar os empregos que estão tão escassos hoje para os brasileiros. Ordem para buscarmos o desenvolvimento sustentável. Ordem para acabar com a corrupção, que se instalou em tantos setores do nosso Brasil”, destacou.

Chico Rodrigues afirmou ainda que os senadores precisam colocar as divergências político-partidárias de lado para, juntos, lutarem por um país mais igualitário. “Temos que ter união para transformar a realidade da nação brasileira. As questões partidárias têm que ser colocadas, neste momento, de lado para que não atrapalhem a condução de nossos trabalhos”, frisou. “Temos que trabalhar a favor do povo brasileiro, porque foi ele que nos colocou aqui”, acrescentou.

Ao finalizar seu discurso, o senador disse que os desafios do país são grandes, como trabalhar pela geração de emprego e pela educação. “Precisamos pensar nos mais pobres e ajudá-los a desenvolver as ferramentas, que são a educação e o trabalho, para crescer. Os brasileiros precisam de dignidade para viver”, disse. “Os desafios que vamos enfrentar são reais, são sérios, muitos sérios. Mas, estamos aqui porque escolhemos a esperança ao invés do medo. O Brasil tem que vir em primeiro lugar”, concluiu.

Foto: Assessoria do senador Chico Rodrigues (RR)
Texto: Fernanda Domingues