Jayme Campos defende prorrogar suspensão do pagamento do Fies devido à pandemia

01 de Abril de 2021

O senador Jayme Campos (MT), vice-presidente da Comissão de Infraestrutura e Serviços (CI), apresentou, nesta quinta-feira (1º), projeto de lei (PL 1.133/2021), prorrogando por seis meses a suspensão do pagamento do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) devido à crise provocada pela pandemia da covid-19. Em julho de 2020, a Lei 14.024 interrompeu o pagamento do programa até dezembro de 2020, mas, depois desse período, a suspensão das obrigações deixou de ter validade. Hoje, cerca de três milhões de estudantes brasileiros dependem do Fies para cursarem o ensino superior.

Segundo o senador, o objetivo de seu PL é “aliviar o orçamento familiar de jovens que dependem do pagamento mensal para cursar uma universidade”. Ele lembrou que a pandemia deixou 13,4 milhões de pessoas desempregadas no país, sem condições de honrarem suas dívidas. “A crise atual vai muito além de um problema sanitário. O quadro é muito grave e exige nosso empenho e união. É necessário envidar os nossos melhores esforços na busca de alternativas para aqueles que, vítimas do desemprego, não conseguem arcar com compromissos financeiros que assumiram antes do advento da pandemia”, afirmou.

Jayme Campos disse ainda que é papel do Legislativo trabalhar e priorizar a educação no país, além de impulsionar as oportunidades de trabalho para os jovens brasileiros. “Não há saída para o país sem educação. Tenho certeza de que, tendo em vista a relevância do tema, poderei contar com o empenho de meus pares na discussão e eventual aperfeiçoamento da proposição para que a difícil situação pela qual passam os estudantes beneficiários do programa seja amenizada”, concluiu.

Foto: Agência Senado