Proposta por Agripino, Frente Parlamentar de Apoio às Startups é aprovada em comissão e segue para o plenário

Autor do projeto de resolução (PRS 08/2018) que cria a Frente Parlamentar de Apoio às Startups, o senador José Agripino (RN) comemorou a aprovação, nesta terça-feira (7), pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), de sua proposta. “Apesar de estarmos avançando no incentivo às startups, essas empresas continuam a enfrentar grandes dificuldades, como o excesso de burocracia, elevados custos tributários e gargalos na infraestrutura nacional”, frisou o parlamentar potiguar. “Então, é preciso abrir o debate sobre isso e encontrar soluções”, acrescentou.

Segundo a proposta do senador, a frente parlamentar permitirá reunir os senadores que têm preocupação especial com o desenvolvimento de startups no país. Os membros poderão, por exemplo, monitorar as proposições relativas ao assunto; promover debates sobre o tema; incentivar o aumento dos investimentos em políticas públicas para fortalecer os setores científico e tecnológico no país; e estimular a ampliação da base tecnológica e a inovação.

Durante a aprovação, Agripino lembrou que é autor de outros projetos de lei que incentivam o empreendedorismo no país, como o do “investidor-anjo”; do empreendedorismo rural; e o do ensino dessa disciplina nas escolas. O senador lembrou ainda que é autor da Lei das Empresas Juniores (Lei 13.267/2016), a única no mundo a regularizar o setor. “Quem acompanha minha vida parlamentar sabe que sou um defensor nato do empreendedorismo. E tudo que eu puder fazer, continuarei fazendo no sentido de lutar por mais oportunidades de emprego e crescimento profissional para os jovens do Brasil”, destacou.

Foto: Mariana di Pietro