“Reforma trabalhista não vai tirar emprego de ninguém”, diz senador José Agripino

O presidente nacional do Democratas, José Agripino (RN), disse que a reforma trabalhista, cujo relatório foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, nesta quarta-feira (28), não tirará emprego de nenhum brasileiro, e sim criará novas oportunidades. “Essa reforma não vai mexer com o emprego de ninguém. Vai é abrir perspectiva de vagas no mercado de trabalho para quem não está empregado”, destacou o parlamentar pelo RN.

Após cerca de 14 horas de sessão, a CCJ aprovou, por 16 votos a 9, o relatório do senador Romero Jucá (PMDB-RR) favorável à reforma e sem alterações ao texto aprovado pela Câmara dos Deputados. Como também foi aprovado o regime de urgência para o projeto, o texto já pode ser votado em plenário após duas sessões.

Mais de 200 propostas de modificação foram apresentadas na CCJ, mas o governo trabalha para aprovar o mesmo texto aprovado pela Câmara para não provocar a devolução da proposta a essa Casa. “Temos que pensar neste momento no maior problema do país: o desemprego. A reforma trabalhista não ‘e uma questão do governo’, é uma questão do Congresso e do país”, frisou o senador.

Foto: Mariana Di Pietro